Emerge Desktop é um bom shell

Os que já estão acostumados a viverem sem o shell Explorer, padrão do Windows, provavelmente usam alternativas como o LiteStep, GeoShell ou bbLean. Uma outra opção interessante nesse sentido é o Emerge Desktop.

É um shell sem grandes apelos de interface, porém é muito leve, estável, amigável e bem documentado. Ele pode substituir o Explorer, através de um gerenciador de shell interno, basta escolher o shell padrão no primeiro uso e reiniciar ou fazer logoff.

Assim como outras shells, ele segue o conceito de módulos, nesse caso chamados de applets, que adicionam funções à  interface. O instalador padrão vem com os applets básicos:

#emergeTasks: como a barra de tarefas, exibe os aplicativos em execução.
#emergeTray: exibe os ícones da systray.
#emergeVWM: um gerenciador de áreas de trabalho virtuais.
#emergeLancher: lançador de aplicativos, como o quicklaunch.
#emergeHotkeys: gerencia atalhos.

Para mover um applet, deve-se clicar com o botão esquerdo + click. Ao clicar com o botão direito do mouse sobre a área de trabalho, surge o menu “inciar”. Funciona como no bbLean, mas é a cara do XP. Há diversas opções escondidas, que permitem a organização do menu, nível de transparência do mesmo ou mudança de shell.

Encontrei alguma dificuldade em fazer com que o menu principal exibisse corretamente meus atalhos de “desktop” e “quicklaunch” em seus respectivos sub-menus. Acho que a solução mais prática nesse sentido, é editar manualmente esses sub-menus, no menu-editor (botão direito > settings > edit desktop menus > right > quicklaunch > edit menu item). no campo “value” utilize o seguinte comando: %UserProfile%Dados de aplicativosMicrosoftInternet ExplorerQuick Launch. Essa mudança deve ser feita porque o comando original do Emerge, serve apenas para versões em inglês do Windows. Já no caso do sub-menu desktop a solução pode ser parecida, mas comando original me parece meio “alien”. Se alguem souber me dizer como configurá-lo, ficarei grato.

Para quem ficou desanimado com as opções de personalização, é possível mudar os esquemas dos applets. Basta clicar com o botão direito + ctrl sobre o applet e escolher “Load scheme”, caso você já tenha algum esquema predefinido ou “Edit Current Scheme”. No segundo caso, surge um editor, com opções para escolha de cores, níveis de opacidade, estilos de gradiente e textura da interface. Dá para ter uma previsão de como ficará o esquema, mas ele não é tão completo quanto o bbStyleMaker do bbLean.

Há muito mais possibilidades com o Emerge Desktop. O programa vem com um arquivo de ajuda que pode ser muito àºtil para usuários mais hardcore, além disso o site tem boa documentação, uma comunidade ativa, e muito mais informações para quem quiser se aprofundar.

O Emerge pode não ser o shell mais bonito que eu já usei, mas certamente, é uma opção muito leve, versátil e mais estável que o SharpE por exemplo, e provavelmente mais intuitivo que o geOShell ou bbLean. Muito bom.

Atenção: as transparências de janelas exibidas nesse post não são um recurso do Emerge Desktop, e sim do PowerMenu. Mais informações nesse post.

Ouvindo :: Crossover – Starless
Humor :: zen/tranquilo