Theme Manager no Haiku?

Apenas para curiosos, pois o troço parece bem complicado, e exige conhecimentos de programação em uma plataforma alien para muitos de vocês que me leêm: Haiku.

O Theme Manager do Haiku ainda é experimental. Trata-se de um selecionador de temas para desktop, onde podem ser editados e configurados temas existentes, incluindo aí a seleção dos sons de eventos, escolha das skins para as janelas, cores, fontes, aparência do terminal, papel de parede, proteção de tela, etc. Enfim, tudo e mais um pouco que nós já estamos habituados em nossos Windows, Macs, Linux etc. Quem quiser mais informações sobre, por favor vá neste link.

Image Hosted by ImageShack.us

Eu mesmo não o testei, e ao que tudo indica é um add-on recente no kernel do sistema (se for em nível de código, talvez seja apenas um projeto adicional da GUI, não ligado diretamente ao núcleo do sistema). Aliás pra quem nem sabe do que se trata o Haiku, tem que entender antes o que foi ou é o BeOS e seus remanescentes.

Alguns de vocês podem estar achando estranho porque estou falando disso aqui. Bom sempre fui fã do BeOS, e por extensão, as reencarnações dele sempre me chamaram atenção. Não sou especialista, mas prefiro ele e sua filosofia de interface fácil (derivada desde os tempos em que cogitou-se substituir o MacOS por ele, nos idos do anos 90s) ao GNU/Linux.

Mas voltando ao assunto, como falo aqui de deskmod, e não prendo a comunidade a nenhum sistema operacional específico, é bem coerente tratar sobre deskmod em outra plataforma, especialmente quando isso é “novidade” na mesma. Mas convenhamos, é apenas curiosidade mesmo, pois os resultados do Theme Manager do Haiku ainda são bem feinhos, lembrando o finado Zeta e a época do Microsoft Plus! (blergh!) no Windows 9x… 🙂

Mas calme lá, quem quiser experimentar outra coisa, pode tentar o gerenciador de temas padrão do BeOS: http://www.bebits.com/app/1381

Ouvindo :: Oleander – You’ll find out
Humor :: indiferente/apático

Os belos ícones do BeOS

Pesquisando a toa sobre ícones, sempre me lembro do BeOS. O finado sistema da Be Inc, comprado pela Palm em 2001 tinha a melhor coleção de ícones na minha opinião. Os ícones desse post no entanto não são os originais, e sim uma melhora, no típico estilo MacOS X.

Na realidade essa coleção foi originalmente desenhada para o sistema da Apple, mas o link acima aponta para a versão Windows, convertida por kol, do DeviantART.

A seguir os links das versões originais, por Matthew McClintock:
http://mc.clintock.com/first_floor/study_1/desk/computer_projects/icons/index.php
http://www.studiotwentyeight.com/icons.htm

O segundo link é para o site do StudioTwentyEight, e contém diversas bibliotecas de ícones, com temas variados, além de outros bons penduricalhos pro desktop.

Ouvindo :: Jeff Buckley – The sky is a landfill
Humor :: tenso/preocupado

Para fãs de BeOS

Para os saudosos fãs do BeOS e para quem acompanha os projetos de sistemas derivados ou baseados nele atualmente como o Haiku, Cosmoe e Zeta:

Studio-33 :: BeOS Wallpapers
Haiku Il tuo Sistema – Wallpapers

Dois links com diversos papeis de parede do BeOS, Haiku e Zeta. Divirtam-se.

Ouvindo :: Sixpence None the Richer – The ground you shook
Humor :: triste/melancólico