Marcado como: temas Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • andrenix 17:59 em 17 de April de 2021 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , temas, ui/ux, wdm,   

    Novo visual no Windows Explorer vindo aí 

    De acordo com o Liliputing, o gerenciador de arquivos do Windows tem novidades estéticas. As novidades são do Insider Preview (build 21343). Eu não tenho coragem de usar os previews do Windows 10, pois mesmo em versões RTM o Windows Update pode deixar a gente na mão, e pior, mover ou sumir com arquivos e documentos se o usuário não for cuidadoso.

    Mesmo dentro do padrão flat (com degradê), até que ficou legal.

    A Microsoft tem atualizado os ícones do Windows 10 já tem algum tempo nas versões do canal Insider Preview, e devem aparecer mais novidades nas próximas atualizações pois a ideia é atualizar o sistema de interface por inteiro no futuro próximo, o que faz sentido, mesmo que o Windows 10 ainda não pareça totalmente datado, faz parte da estratégia manter uma renovação consistente da interface conforme tendências, aplicações e funções novas surgem.

    Olhando bem, as pastinhas amarelas em perspectiva realmente já parece datadas…

    Aliás, essas mudanças de interface tendem a ser mais radicais, segundo o Windows Latest. Citando algumas imagens que divulgadas entre Novembro de 2020 e Janeiro deste ano, a Microsoft deve adotar uma estética que remete um pouco ao Windows 7, com detalhes arredondados em menus, janelas e outros elementos, além de translucidez por padrão, porém mais sutil que o efeito “Aero Glass” que vigorou desde o Windows Vista (e que destruiu a criatividade da comunidade deskmodder/skinner).

    Mudanças sutis e elegantes.

    Ainda sou cético quanto aos detalhes arredondados em menus. Se de fato acontecer será interessante e não sei por que nunca foi feito antes no Windows. As razões fogem ao meu conhecimento técnico, mas é algo que eu vi anos atrás em alguns mockups de interface no DeviantArt, porém designers (de temas, shells, apps, etc) alegavam ser uma limitação do sistema que impedia criar temas para o menu de contexto nativo. Daria pra aplicar skins (como o WindowsBlinds fazia – não lembro se ainda o faz), porém não seria possível alterar os limites para aplicar bordas arredondadas ao menu, como se faz em limites e barras das janelas, por exemplo.

    Será mesmo que isso vai acontecer?
     
  • andrenix 20:41 em 26 de January de 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: , temas   

    40 de cada: Wallpapers super coloridos + espetaculares bibliotecas de ícones 

    O blog da Smashing Magazine sempre traz excelentes posts, cheios de boas sugestões para quem curte baixar arquivos e mais arquivos cheios de cor e ótimo design, como dizem lá fora: eyecandy, ou seja, colírio para olhos de bom gosto. Bom, dessa vez, no mesmo estilo da Smashing, as sugestões são dos blogs Six Revisions e Webdesigner Depot.

    Em um post de novembro, o Six Revisions, compilou 40 belíssimas coleções de ícones, todas gratuitas e de ótima qualidade, obtidas de diversas fontes como DeviantArt e FreeIconsWeb. A seguir uma pequena amostra da seleção:

    São excelentes opções para se usar em projetos gráficos, deskmod ou em websites. Só fique atento às licenças de cada biblioteca, pois apesar de serem gratuitas, alguns autores não permitem o uso comercial dos arquivos, ou requerem crédito (justíssimo) quando utilizados.

    Já o post do Webdesigner Depot nos revela 40 papéis de parede widescreen cheios de cor. São verdadeiras obras de arte para o desktop.

    Bom proveito! 😀

    Ouvindo :: Heather Nova – Avalanche
    Humor :: apático/indiferente

     
  • andrenix 20:16 em 29 de November de 2008 Link Permanente | Resposta
    Tags: , gkrellm, , , , temas, ,   

    Review: Sysmetrix 3.41 

    Conheço o SysMetrix desde o primeiro release em 2002. Na época achei o programa um software realmente surpreendente, com visual refinado, que trazia para o Windows um monitor de recursos digno do GKRellm presente no Linux. O que me impediu de adotá-lo na época, no entanto, foi a necessidade de instalar o dotNet Framework da Microsoft, além disso era um software pesado para meu Pentium III 450MHz (Katmai, primeira geração) e meus poucos 64MB de ram na época.

    sysmetrix

    O SysMetrix é, então, um velho conhecido dos deskmodders. Hoje noto que o fato de ele ser pesado na época continua até hoje. Embora não se faça sentir devido às máquinas mais potentes, o gerenciador de tarefas do Windows indicou mais de 15MB de memória em uso pelo programa. Tirando isso, o SysMetrix continua ótimo.

    O último release, 3.41 data de 2006. O programa é repleto de recursos e já vem 11 skins previamente instaladas. É possível configurá-las individualmente, de acordo com as opções presentes em cada uma. Há módulos em bitmap para visualização da data e hora, tempo de uso da máquina (uptime), CPU, memória, discos rígidos, rede, e-mail (via POP3) e lixeira.

    sysmetrix

    Notei, entretanto, que a configuração de módulos não é tão intuitiva ou mesmo flexível, obrigando o usuário a manter todos os módulos da skin, mesmo que não precise ou não queira todos eles (tentei desabilitar alguns módulos em Theme Settings, mas aqui não funcionou direito). Nesse caso, é melhor procurar por um tema mais minimalista ou editar os bitmaps manualmente, o que pode ser complicado para os iniciantes. Ainda nas skins: obviamente é possível também é possível habilitar transparência.

    sysmetrix

    Nas demais configurações do software, o usuário pode ainda determinar sons de alerta para mudança de hora, nova mensagem de e-mail, sincronização de horário e checagem de clima. Há além disso muitos outros recursos, que é melhor você descobrir experimentando. Apesar de o último release ser relativamente recente, acho que o SysMetrix já parece um pouco datado. Uma atualização nos recursos (que tal integração com RSS) e suporte a skins em PNG seriam ótimas adições às próximas versões do programa.

    Ouvindo :: Chevelle – Emotional drought
    Humor :: zen/tranquilo

     
  • andrenix 19:47 em 10 de November de 2008 Link Permanente | Resposta
    Tags: browser, , , extension, firefox, , , mozilla, navegador, , , temas, , ,   

    Temas dark para o Firefox 

    Recentemente postei um meme sobre belos temas dark para o Windows Vista. Agora é a vez do Firefox: esse post do LifeHacker sugere dez temas para combinar com o seu deskmod estilo “lado negro da força” :D. Aí vão eles:

    Nasa Night Launch e Abstract Zune
    firefox skins

    Aero Fox e Aquatint Black Gloss
    firefox skins

    HEAVEN.CUBE e Noia 2.0 (eXtreme)
    firefox skins

    OldFactory Black e zblack
    firefox skins

    LightStyles e Stylish User style: Vista Theme (necessita da extensão Stylish)
    firefox skins

    Nota #1: alguns desses temas estão em estado experimental e precisam de um login no site da Mozilla.
    Nota #2: antes que comece a discussão na comunidade em torno de eu postar temas sobre Firefox, eu explico: a discussão na Desktop Art é sobre deskmod e afins. Skins para Firefox assim como para outros browsers são incluídos nessa categoria. O tema da comunidade, de acordo com as regras definidas, limita, no entanto, discussão sobre temas para sites (exemplo: skins para Orkut), pois na realidade isso é webdesign e não deskmod. Entendido?

    Mais sugestões? Deixe um comentário!

    Ouvindo :: Finger Eleven – First time
    Humor :: indiferente/apático

     
  • andrenix 20:31 em 29 de February de 2008 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , drive, , temas, ,   

    Updates no 4Shared da comunidade 

    Hoje fiz algumas pequenas modificações no drive da Desktop Art. Criei novas pastas e movi alguns arquivos que pareciam “deslocados” no drive.

    Image Hosted by ImageShack.us

    As novas pastas são:

    Campeonatos (DADC): há três subpastas onde deverão ser colocados os screenshots que participaram dos contests da comunidade. Quem tiver screenshots participantes desde o 1º campeonato, por favor façam o upload para a respectiva pasta.

    Fontes: para o compartilhamento de fontes, muito útil para os modders e designers de temas/wallpapers.

    Fotos da comu: esta pasta é para os narcisistas. Notei que algumas pessoas adicionaram auto-retratos e outras bobagens no drive, daí fiz essa pasta.

    Screenshots: para quem quiser divulgar screenshots variados. Cuidado com o que colocarem por lá!

    Por fim removi alguns arquivos que nada tinham a ver com a comunidade e renomeei a pasta “Pacotes de skins” para “Themes and Packs”, onde vocês poderão compartilhar pacotes de temas e aqueles modificadores que geralmente causam problemas aos novatos. 🙂

    Façam bom proveito!

    Ouvindo :: Fear Factory – (Memory imprints) Never end

    Humor :: zen/tranquilo

     
  • andrenix 01:49 em 1 de September de 2007 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , , , temas,   

    Três anos de Desktop Art! 

    O início de tudo

    Em agosto de 2004 fui apresentado ao Orkut, a convite de uma amiga de Belo Horizonte. Havia cerca de duas semanas que minhas férias de julho tinham acabado, e como sempre, tinha de haver um jeito pra diminuir as distâncias dos amigos.

    Eu já havia ouvido falar vagamente sobre o Orkut, mas redes sociais ainda eram uma idéia nova pra mim. Além disso eu nunca fui muito fã de “modas virtuais”. Aderi aos blogs muito depois de insistir em formas menos eficientes de difundir minhas idéias pela rede. Em 2004 o IRC ainda estava em alta, o ICQ agonizava há mais de 1 ano e os fórums faziam parte de um conceito que precisava de uma reformulação.

    Uma das primeiras comunidades das quais participei era da minha cidade natal, que por coincidência tinha como dona, uma prima 🙂 . Aos poucos fui descobrindo as vantagens das redes sociais (leia-se Orkut, no meu caso), e descobrindo os recursos, as ferramentas, etc.

    Não me lembro quanto tempo depois criei a primeira comunidade, mas suspeito que a primeira tenha sido justamente a comunidade Desktop Art. Esta, que vocês que me leêm, deve fazer parte. Até então eu não tinha encontrado nenhum grupo que tratasse do mundo dos deskmods. Ao menos, não uma comunidade que generalizasse o conteúdo, e sim apenas comunidades focadas no DeviantART ou programas específicos, além de grupos que tratavam de desktop, mas não da personalização dele (estranho, mas os assuntos eram inusitados).

    Desenvolvendo a comunidade

    Durante cerca de 1 ano a Desktop Art havia estabilizado em cerca de 25 a 35 membros. Não lembro ao certo. A comunidade ficou parada um tempo, poucos tópicos, alguns links, etc. Eu mesmo parei de atualiza-la nesse período. No inverno de 2005 eu tive que me mudar, fiquei sem PC, então minha frequência na internet foi afetada. Eu administrava outros grupos na época, uma sobre música – SubPop e Indie Rock – que mais tarde transferi para uma amiga, e a Orkut Air Lines (que crescia rapidamente, mas logo estagnou nos 700 e poucos membros.), sobre aviação.

    Ao notar que a comunidade que mais me interessava simplesmente não crescia como eu queria, mais ou menos entre setembro e outubro de 2005 comecei a fazer parcerias com outras grupos de informática (Dicas e Segredos do Windows, por exemplo) que eram maiores que a minha. A essa altura a Desktop Art estava na casa de 200 membros. Em poucos meses, a comunidade cresceu vertiginosamente. Estimo que cerca de 15 a 25 participantes novos por semana (note que hoje o ritmo ainda é bom, porém menor) a partir do fim de 2005.

    Imagino que o crescimento se deva principalmente a dois fatores:

    • Parcerias coerentes
    • Poucas comunidades relacionadas ao assunto

    Outra coisa importante: desde o começo sempre procurei manter um clima amistoso na comunidade. A arrogância típica de muitos grupos de discussão de informática não fazia parte do script. Embora em alguns raros momentos algumas “flame wars” tenham ocorrido, a própria descrição (originalmente) sempre manteve a frase “Sinta-se livre para tirar dúvidas, postar links relacionados e fazer amigos”. A partir daí, sempre que possível as pessoas tentavam se ajudar e dar sugestões de programas e sites interessantes.

    No entanto, sempre achei coerente a máxima de que “Perguntas cretinas merecem respostas cretinas” 🙂 . A partir disso (e da quantidade de participantes cada vez maior), foram estabelecidas algumas regras na comunidade. Afinal, um pouco de organização e internetiqueta não fazem mal nenhum. Um FAQ também foi elaborado (isso era um projeto antigo), com a ajuda do Hidaka. E mais tarde um fórum alternativo nasceu, como iniciativa individual do Jhonatan, e depois de pedidos de alguns membros (provavelmente porque o Orkut demorou a incluir o recurso de busca nos tópicos).

    Projetos…

    Até aí muitas coisas já haviam ocorrido paralelamente à comunidade:

    • O PixNix surgiu em maio de 2006
    • Até mesmo o FAQ e as regras já faziam parte de um projeto relacionado a comunidade, o Desktop Mods, um blog/fotolog que criei no WordPress.com
    • O Desktop Mods deixou de ser um blog para ser tranferido para outro sistema, em outro endereço.
    • Outras discussões sobre outros projetos (esquecidos ou engavetados): veja as imagens a seguir sobre um tópico antigo, e as histórias do mediador Antônio.


    Screenshot 1
    Screenshot 2

    Antes do Desktop Mods, uma das formas que encontrei para compatilhar os screenshots dos membros da comunidade foi através de um grupo no Flickr, que depois desativei.

    O sucesso da comunidade, que embora seja pequena em relação a muitas outras sobre tecnologia, viu surgir uma série de outros projetos individuais ao seu redor, como blogs sobre deskmod, de diversos participantes da mesma, como os que podem ser encontrados no link a seguir: http://pixnix.awardspace.com/links. Essa “comunidade de blogs” virou uma nova parceira tanto para a Desktop Art quanto para o PixNix. Em alguns momentos no entanto, o excesso de pedidos gerou certo estresse.

    …e mais projetos

    Além dos projetos supracitados, existem outros a serem destacados:

    • O #Deskmod, um canal de IRC esquecido na rede VirtuaLife: a geração de hoje não entende a “simplicidade e diversão técnica” do IRC e prefere chats no MSN. 😦
    • O 4Shared da comunidade: o drive virtual da comunidade foi criado em maio de 2007, e vai muito bem, obrigado. 🙂
    • Campeonatos de screenshots: o primeiro já rolou, foi legal, demorado, polêmico as vezes. O segundo? Sem previsão, talvez porque os mecanismos do primeiro tenham sido complicados demais. 😦
    • Grupo Desktop Art no Customize.org: criei mas não divulguei. Não parece ser importante atualmente. 🙂
    • Um novo site? Quem sabe, mas isso só será daqui a alguns meses – quem sabe – anos, quando eu resolver questões do próprio PixNix.

    Futuro

    Quanto ao futuro da comunidade? Bom. Os projetos estão aí, devagar, mas funcionando. Enxergo a Desktop Art como o principal centro de troca de experiências sobre deskmod dentro do Orkut e fora dos sites especializados (Skinbase, Customize, etc). Há um ambiente muito bom formado ali, inclusive de amizade. Aliás eu tenho tenho muito a agradecer ao “amigos virtuais” que ali fiz, afinal são esses participantes frequentes, os grandes responsáveis pelo sucesso da comunidade. A troca de idéias, as discussões positivas, tem tudo pra fazer com que outros projetos relativos a comunidade deêm certo.

    Um abraço a todos. Continuem a visitar o site e a manter a comunidade sempre viva!

    Ouvindo :: Pulley – Empty
    Humor:: apático/indiferente

    ps.: O aniversário da comunidade foi no dia 30… tô atrasado, mas isso não é novidade. 🙂

     
  • andrenix 04:55 em 12 de May de 2007 Link Permanente | Resposta
    Tags: , icefire, , , , , , , temas, ,   

    Análise: IceFire 

    Outro excelente programa desenvolvido pelo pessoal da k23 é o IceFire. Ele é um clone (ou algo parecido) da deskbar do BeOS, uma espécie de menu Iniciar muito mais bonito, e atualmente está passando por uma atualização (2.2 é a última versão oficial, mas a versão 3.0 está a caminho e parece ter ótimas novidades).

    IceFire

    O IceFire não é um shell. E não tenho certeza se ele pode ser configurado como tal, é provavel que sim. Quem tentar isso terá uma bela e minimalista área de trabalho com os seguintes items:

    (Mais…)

     
  • andrenix 16:32 em 28 de October de 2006 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , temas,   

    Mudando os í­cones com o IconTweaker 1.1 

    Uma das questões mais comuns relativa à modificação de desktop é “como mudar os ícones?”. Bom, esse é um passo essencial para um boa personalização. É possível fazer essa mudança na unha, mas não é muito prático, por isso existem diversos programas para esse fim, alguns comerciais como o IconPackager e o BeeIcons, e outros gratuitos como o IconPhile e o IconTweaker. Todos têm suas peculiaridades, incluindo formatos diferentes para os temas e bibliotecas (que às vezes são apenas arquivos zip com extensão modificada), mas o objetivo é o mesmo: facilitar a personalização. Esse artigo vem apresentar aos novatos no mundo do deskmodding, um dos mais práticos programas do gênero, o IconTweaker.

    O IconTweaker é um programa gratuito que permite ao usuário modificar os ícones do sistema de maneira simplificada. O programa já vem com diversos temas pré-instalados, possibilitando ao usuário mudar os ícones de uma só vez. A interface do programa é simples e acessível, as principais funções são relativas à modificação da aparência padronizada dos ícones e a criação de temas. Isso mesmo, o usuário pode criar temas personalizados, através da opção Theme Editor. Ao iniciar o programa você terá na barra lateral opções como escolha dos temas pré-instalados, mudança dos ícones e configurções do sistema, essa última opção é praxe nos programas do gênero (ícones com todas as cores; ocultação/remoção da seta e do prefixo dos atalhos; tamanho dos ícones; tamanho do cache).

    IconTweaker GUIIconTweaker Favorites (Mais…)

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar